QEdu

Distribuição dos alunos por nível de proficiência

Podemos posicionar o aprendizado dos alunos em 4 níveis qualitativos de proficiência. O aprendizado adequado engloba os níveis proficiente e avançado

! Saiba como usar a página de proficiência

2013

Português 5º ano.
Sem dados
Sem dados
Português 9º ano.
Matemática 5º ano.
Sem dados
Sem dados
Matemática 9º ano.

2015

Português 5º ano.
Sem dados
Sem dados
Português 9º ano.
Matemática 5º ano.
Sem dados
Sem dados
Matemática 9º ano.

2017

Português 5º ano.
Sem dados
17%
Português 9º ano
Matemática 5º ano.
Sem dados
8%
Matemática 9º ano

Isaias Lopes (EM)

17%

2017

9º ano, Leitura e Interpretação (Português)

0%

Avançado (0 alunos*)Além da expectativa

    17%

    Proficiente (2 alunos*)Aprendizado esperado

    58%

    Básico (8 alunos*)Pouco aprendizado

    25%

    Insuficiente (3 alunos*)Quase nenhum aprendizado

    Presença na Prova Brasil

    De 13 alunos, 12 realizaram a Prova Brasil.

    92% de taxa de participação.

    Fonte: Prova Brasil 2017, Inep. Classificação não oficial.

    Isaias Lopes (EM)

    8%

    2017

    9º ano, Resolução de Problemas (Matemática)

    0%

    Avançado (0 alunos*)Além da expectativa

      8%

      Proficiente (1 alunos*)Aprendizado esperado

      50%

      Básico (7 alunos*)Pouco aprendizado

      42%

      Insuficiente (5 alunos*)Quase nenhum aprendizado

      Presença na Prova Brasil

      De 13 alunos, 12 realizaram a Prova Brasil.

      92% de taxa de participação.

      Fonte: Prova Brasil 2017, Inep. Classificação não oficial.

      Legenda - Escala de Aprendizado

      Avançado

      Aprendizado além da expectativa. Recomenda-se para os alunos neste nível atividades desafiadoras.

      Proficiente

      Os alunos neste nível encontram-se preparados para continuar os estudos. Recomenda-se atividades de aprofundamento.

      Básico

      Os alunos neste nível precisam melhorar. Sugere-se atividades de reforço.

      Insuficiente

      Os alunos neste nível apresentaram pouquíssimo aprendizado. É necessário a recuperação de conteúdos.

      Nota: Essa classificação qualitativa foi definida por Chico Soares com base na escala do SAEB. Essa classificação não é oficial.
      Descubra mais ideias sobre educação em nosso Blog